Dicas de segurança

Sexta-feira 13: o que fazer quando o azar bate à nossa porta?

Sexta-feira 13: o que fazer quando o azar bate à nossa porta?

Como proteger os seus dados nesta Sexta-feira 13?

Ninguém está imune ao azar e numa Sexta-feira 13 todos os cuidados são poucos! Mais do que nunca, as empresas precisam de se proteger contra potenciais ataques que levem a perdas de informação importante e confidencial. Relativamente à perda de dados, a melhor solução é sempre a prevenção. É através dos dados que geram diariamente que as empresas conseguem analisar o seu público, definir campanhas de marketing e orientar toda a estratégia do negócio. Contudo, existem cada vez mais ameaças à segurança da informação, pelo que é fundamental definir estratégias que permitam minimizar o impacto em caso de perda de dados importantes. Nesta sexta-feira 13, deixamos-lhe algumas dicas sobre o que fazer quando o azar bate à nossa porta!

Encriptação e mascaramento dos dados

A encriptação de dados transforma a informação usando um algoritmo para que não haja um acesso fácil e percetível por terceiros, mas apenas por quem possui a chave correta de criptografia, que mostra o seu verdadeiro significado. O mascaramento de dados cria uma versão semelhante aos dados originais em termos de estrutura mas sem revelar a sua verdadeira informação, garantindo assim a proteção dos dados privados. O seu formato original mantêm-se intacto, mas os dados apresentados não são verdadeiros. Os dados mascarados podem ser utilizados em ambientes de teste e em auditorias, sem comprometer o resultado da análise, e garantindo a confidencialidade da informação sensível. É essencial utilizar pelo menos uma destas ferramentas, de modo a que mesmo que a informação seja apanhada por terceiros não consiga ser decifrada. O Datapeers é uma ferramenta de mascaramento de dados que oferece uma variedade de técnicas scrambling sofisticadas para proteger dados sensíveis, substituindo-os de forma irreversível por dados fictícios mas realistas. Aconselhamos o uso desta ferramenta, visto que o azar não escolhe dias para bater à porta e qualquer dia poderá tornar-se numa verdadeira sexta-feira 13.

Condicionar o acesso

Na maior parte dos casos, as empresas não condicionam o acesso a determinados documentos por parte de alguns colaboradores e isso pode comprometer seriamente a segurança da informação. É importante que cada colaborador tenha acesso apenas aos dados de que realmente precisa, caso contrário, havendo um ataque informático, é difícil descobrir a sua origem. Também é essencial que as empresas bloqueiem o acesso a informações confidenciais através de redes públicas não seguras. Deste modo, minimiza-se em grande escala a probabilidade de sofrer ataques externos e de ser surpreendido por uma sexta-feira 13.

Recuperação na Cloud

É muito importante ter um serviço de recuperação na Cloud, para que mesmo em caso de desastres informáticos não haja perda total e definitiva dos dados. O RAAS, por exemplo, é uma infraestrutura dedicada com replicação seletiva. Este serviço possibilita a ativação de desastre quase instantânea em servidores virtuais em ambiente remoto. Deste modo, mesmo em caso de desastres mais extremos, a informação é facilmente recuperada, não interferindo com a habitual performance da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *