Dicas de segurança

Os principais desafios de segurança que o Big Data traz para as empresas

Os principais desafios de segurança que o Big Data traz para as empresas

O grande volume de dados que é gerado todos os dias nas empresas é um verdadeiro desafio para os gestores, que procuram constantemente extrair o maior valor possível dos dados gerados. Além disso, à medida que existem mais dados nas empresas, existem também mais ameaças à informação e mais probabilidade de se perderem dados. No artigo de hoje, vamos abordar os principais desafios de segurança que o Big Data traz para as empresas.

Análise dos dados pode estar comprometida

Quantidade não significa qualidade e por vezes podemos cair no erro de pensar que todos os dados que temos à nossa disposição são úteis para o nosso negócio. Um dos maiores desafios que o Big Data traz para as empresas é a capacidade de analisar a informação de forma correta. As empresas precisam de se dotar das ferramentas certas para poderem extrair os insights necessários para tomarem as decisões certas. Hoje em dia, é preciso analisar os dados em tempo real e uma das ferramentas que ajuda as empresas a lidar com esta grande onda de informação é o Multipeers, um sistema BAM que lhe permite analisar o negócio a cada segundo.

Perda de dados e de privacidade

Todas as ferramentas de inteligência artificial, como chatbots, que ajudam a gerar dados para as empresas, precisam de ser muito bem configurados, caso contrário podem ser um verdadeiro problema para as empresas que precisam de manter os seus dados privados. Não se pode descurar as boas normas nestas tecnologias (como criação de senhas complexas, por exemplo) pois estas podem ser portas de entrada para acessos indevidos à rede interna. Este é um dos grandes desafios do Big Data porque quanto mais fontes de informação existem, mais portas de entrada de problemas para as empresas existem também.

Garantir segurança na mobilidade

As soluções móveis estão a ser adotadas com uma grande rapidez. Hoje em dia já não é necessário que os colaboradores se dirijam ao escritório para trabalhar pois devido à tecnologia conseguem trabalhar a partir de qualquer local e através de qualquer dispositivo. Sem dúvida que este é um avanço muito importante e potencia os resultados. Ao mesmo tempo, exige também um maior critério de análise técnica pois a segurança dos dados fica mais facilmente comprometida, obrigando o gestor de TI a ter cuidados redobrados.

Adote o mascaramento de dados

Mascarar os dados tem o principal objetivo de proteger os dados confidenciais contra acessos não autorizados e é uma prática fundamental nesta época em que tantos dados privados existem nas empresas. Na prática, as ferramentas de mascaramento de dados criam uma versão semelhante aos dados originais em termos de estrutura mas sem revelar a sua verdadeira informação. Na realidade, o seu formato original mantêm-se inalterado mas os dados apresentados são fictícios. Os dados mascarados podem ser utilizados em ambientes de teste e em auditorias, não comprometendo o resultado da análise, mas garantindo sempre a confidencialidade da informação sensível. Um processo manual para proteger os dados consome muito tempo e recursos humanos pelo que a melhor opção é recorrer a ferramentas que façam o processo de modo automático, como o Datapeers.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *