Dicas de segurança

5 dicas para planear uma recuperação de desastres eficaz

5 dicas para planear uma recuperação de desastres eficaz

Todas as empresas estão sujeitas a sofrer algum tipo de desastre, seja natural ou seja causado por erro humano. A realidade é assustadora: a maior parte das empresas não se encontra preparada para atuar e recuperar de um desastre informático, o que compromete em grande escala a produtividade diária e a segurança dos dados. Ter um plano de recuperação de desastres é fundamental para garantir que a informação se mantém salvaguardada mesmo em casos de desastre extremo. No artigo de hoje, deixamos-lhe 5 dicas para planear uma recuperação de desastres eficaz!

Implemente medidas de prevenção

É importante ter uma ação proativa no que diz respeito a desastres informáticos. Implemente medidas de prevenção, para evitar que aconteçam problemas que coloquem em risco a segurança da sua empresa. Utilizar antivírus e fazer backup com frequência na Cloud são dois exemplos de medidas preventivas que farão toda a diferença em caso de ataque informático.

Antecipe os problemas

Mesmo que considere que a sua empresa está livre de ser vítima de ataques, não pode descansar! Os ataques informáticos estão cada vez mais sofisticados, pelo que é cada vez mais improvável saber quando é que iremos ser alvo de um. Por isso, é essencial que implementa uma solução de disaster recovery, que lhe permita recuperar um servidor virtual de forma instantânea.

Crie regras de acesso à informação

Deve limitar o acesso à informação por parte dos seus colaboradores e este é um dos cuidados de segurança que pode aplicar. Cada colaborador deve ter acesso apenas aos dados de que realmente precisa para trabalhar, pois o erro humano é uma das causas mais sérias para fugas de informação. A inclusão de marcas de água em arquivos confidenciais é também uma boa forma de prevenir o roubo de dados privados e ajuda a identificar a fonte em caso de perda.

Automatize o máximo de tarefas possível

Muitas tarefas na área das tecnologias da informação são bastante repetitivas, o que leva à desmotivação por parte dos recursos humanos. Automatizar os processos é uma forma de reduzir os custos de TI, visto que não é necessário destacar um colaborador para estar exclusivamente dedicado a tarefas monótonas. A automatização reduz o tempo que as tarefas levam a ser executadas e diminui a probabilidade de erro humano. Este é um dos cuidados de segurança mais eficazes que pode implementar.

 

RAAS é um serviço de disaster recovery totalmente gerido por equipa especializada e dá-he a possibilidade de recuperar um servidor virtual em segundos. Fale connosco e saiba mais sobre esta solução!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *