Dicas de segurança

As principais tendências de cibersegurança em 2019

As principais tendências de cibersegurança em 2019

Em 2018 houve muitos ataques informáticos que resultaram na exposição de dados pessoais confidenciais, prejudicando em grande medida a reputação de muitas empresas. Em 2019, as empresas precisam de definir novos orçamentos para a questão da segurança e precisam de olhar para esta área como um setor verdadeiramente estratégico para o negócio. Neste artigo, vamos abordar as principais tendências de cibersegurança em 2019!

Armazenamento e backup de dados

A Cloud assume-se como uma das grandes tendências para 2019, devido aos níveis elevados de segurança que oferece. A utilização de soluções na Cloud garante mais mobilidade e uma vasta lista de opções. Contudo, não podemos cair no erro de pensar que basta colocar as informações na Cloud para que estas se mantenham protegidas. Uma vez que o armazenamento na Cloud permite que se consultem ficheiros da empresa em qualquer dispositivo móvel, é fundamental garantir que esses dispositivos se mantenham protegidos. Armazenar as informações empresariais na Cloud é muito importante para manter as informações seguras, mas não é suficiente para garantir isso: é obrigatório garantir que os dispositivos estão todos protegidos. Esta também é uma tendência em crescimento devido ao facto de ser uma solução cada vez mais personalizável à necessidade de cada empresa.

Proteção em camadas

Esta tendência já deveria estar a ser praticada há muito tempo, pois é uma das formais mais eficazes de garantir a informação em todos os níveis da empresa. Os hackers estão sempre um passo à frente na área da tecnologia, encontrando novas formas de invadir os sistemas informáticos. A proteção em camadas é uma forma muito mais eficaz de garantir que os dados ficam seguros e consiste numa série de práticas, como firewall, antispam, antivírus, entre outras ferramentas, de modo a bloquear todos os acessos vindos de fontes duvidosas.

Spam mais pessoal

Os serviços de geolicalização vão permitir que os phishers abordem os cidadãos com ofertas fraudulentas desenhadas especificamente para atrair um público com determinadas características. “Em 2018, a combinação de postagens em redes sociais, e-mails e anúncios de publicidade foi usada na composição de campanhas avançadas. Os phishers devem elaborar mensagens direcionadas por geolocalização cada vez mais complexas. É preciso ter muito cuidado com e-mails em 2019”, alerta Villadiego.

Soluções de segurança à medida

O mercado da tecnologia está a evoluir para um novo paradigma de soluções à medida que resolvam as “dores” específicas de cada cliente. Com a exigência cada vez maior das empresas no que diz respeito à segurança da informação, os fornecedores de soluções de TI começam a oferecer abordagens mais personalizadas, tendo em conta o tamanho e complexidade da infraestrutura de TI de cada empresa. Uma abordagem mais personalizada vai permitir que as empresas adotem soluções exclusivamente adaptadas às suas necessidades.

Regulamentação sobre proteção dos dados

Regulamento Geral de Protecção de Dados (GDPR) entrou em vigor no dia 25 de maio de 2018 e a nova lei apresenta coimas avultadas para as empresas que não cumpram o regulamento. As empresas estarão mais dispostas a investir em soluções de segurança pois o investimento será necessário para que não tenham que pagar multas elevadas. A tendência para os próximos anos é ampliar a atuação dos novos regulamentos de proteção de dados, para que exista uma segurança cada vez maior dos dados privados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *