Dicas de segurança

Como prevenir um acidente em TI?

Como prevenir um acidente em TI?

Esta é a pergunta que todos os gestores de TI adorariam saber responder com 100% de certezas! Infelizmente, apesar de toda a prevenção, nem sempre está garantido que os acidentes em TI não vão acontecer. Vivemos numa era digital cada vez mais perigosa em termos de ameaças e cada vez mais imprevisível. Por isso mesmo, ainda que não seja possível eliminar as hipóteses de sofrer um ataque na área de TI, é fundamental adotar táticas que permitem prevenir ataques informáticos e desastres naturais. Selecionamos as 5 melhores práticas para prevenir um acidente em TI!

Crie barreiras no acesso aos dados

Deve limitar o acesso à informação por parte dos seus colaboradores e cada colaborador deve ter acesso apenas aos dados de que realmente precisa para trabalhar. O erro humano é uma das causas mais sérias para fugas de informação e acidentes de TI. Com os limites de acesso impostos será mais fácil detetar a origem de um eventual problema.

Utilize mascaramento de dados em ambientes de teste

O mascaramento de dados visa a criação de uma versão dos dados estruturalmente idêntica, mas não igual à versão original. Esta técnica cria uma base de dados com informação fictícia, mas realista, que pode ser utilizada para fins de testes e formação. As soluções de mascaramento de dados oferecem uma variedade de técnicas scrambling sofisticadas para proteger dados sensíveis, substituindo-os de forma irreversível por dados que não são reais, mantendo a integridade referencial da base de dados. É cada vez mais importante que as empresas adotem esta técnica, pois os ataques informáticos são cada vez mais sofisticados, o que faz com que sejam mais imprevisíveis e mais letais. O Datapeers é um bom exemplo de um produto de mascaramento de dados.

Automatize o máximo possível para reduzir a probabilidade de errar

Muitas tarefas na área das tecnologias da informação são bastante repetitivas, o que leva à desmotivação por parte dos recursos humanos. Automatizar os processos é uma forma de reduzir os custos de TI, visto que não é necessário destacar um colaborador para estar exclusivamente dedicado a tarefas monótonas. A automatização reduz o tempo que as tarefas levam a ser executadas e diminui a probabilidade de erro humano. Este é um dos cuidados de segurança mais eficazes que pode implementar. Neste setor, um novo conceito começa a emergir: AIOPS. Este novo termo visa uma mudança de cultura para a obtenção de processos mais ágeis. AIOps agrega muito valor às organizações. No futuro, terá um papel muito importante no aumento da eficiência das equipas de TI e facilitará a adoção de tecnologias complexas de última geração com as quais as soluções tradicionais não são capazes de lidar.

Crie uma política de segurança da informação

A política de segurança é um documento desenvolvido pela empresa onde se registam os princípios de segurança que a empresa adota e que devem ser seguidos pelos colaboradores e é cada vez mais uma necessidade nas empresas atuais. A política de segurança deve ser aplicada em todos os sistemas de informação, a nível de desktop e de mobile. Para que a política seja respeitada, é essencial que os gestores de topo participem na sua implementação e que haja sessões de esclarecimento sobre cada ponto deste documento.

Utilize uma solução de disaster recovery

Mesmo que adote as boas práticas, nada lhe garante que não sofrerá um acidente de TI. Assim, aconselhamos a que utilize uma solução de disaster recovery. Este é um processo muito completo que garante a proteção dos dados e a sua recuperação em caso de falhas. O backup faz parte do disaster recovery, mas é apenas uma das suas componentes. O disaster recovery é uma solução muito completa visto que além de copiar os dados também garante o seu restauro de forma eficiente em caso de desastres naturais ou falhas de infraestrutura. Este tipo de soluções tem como grande objetivo eliminar (ou pelo menos minimizar em larga escala) o tempo de inatividade de uma empresa devido a falhas. O RAAS é um serviço de disaster recovery totalmente gerido por equipa especializada e dá-he a possibilidade de recuperar um servidor virtual em segundos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *