Dicas de segurança

Será que devo investir num plano de disaster recovery?

Será que devo investir num plano de disaster recovery?

A resposta mais curta e mais direta é: sim! Qualquer empresa que se preocupe com a preservação dos seus dados deve investir num plano de recuperação de desastres. A informação nas empresas é cada vez mais uma prioridade, pois é com base nela que tomamos decisões que podem levar um negócio ao sucesso ou condená-lo ao fracasso. E numa época em que as ameaças à privacidade dos dados são tão diversas e sofisticadas, é preciso garantir que conseguimos recuperar a informação necessária para a continuidade do nosso negócio mesmo em cenários extremos. Por esse motivo, preparamos este artigo para lhe explicar quando é que a sua empresa precisa de um plano de disaster recovery!

Se trabalhar com dados pessoais de clientes, deve investir num plano de disaster recovery

As empresas que lidam diariamente com dados pessoais de clientes, parceiros e fornecedores devem ter um plano de disaster recovery, uma vez que em caso de perda total ou parcial dos dados é quase impossível voltar à atividade normal da empresa num curto período de tempo. Uma empresa que veja os seus dados expostos ou perdidos terá a necessidade de recuperar a sua boa imagem e de recuperar a confiança junto dos clientes e demais stakeholders.

Se se preocupa com o serviço ao Cliente, invista em disaster recovery

O consumidor atual é cada vez mais informado e exigente, pelo que não vai tolerar um serviço que não esteja disponível 24 horas por dia e 7 dias por semana. Uma indisponibilidade de infraestrutura pode significar grandes perdas de negócios e de clientes importantes. Por isso mesmo, deve garantir que mesmo em cenários de ataque informático ou de desastre natural consegue retomar a normal atividade do seu negócio.

Se quer manter níveis elevados de performance, não prescinda de um plano de disaster recovery

Se houver um problema informático e se se perderem ficheiros importantes, a única alternativa é refazer o trabalho que já tinha sido feito anteriormente. Isto leva a uma quebra grande de produtividade. Ter um backup atualizado dos dados que possa ser facilmente acedido vai permitir que o rendimento da empresa não seja afetado pois mesmo em caso de desastre informático os colaboradores terão acesso aos documentos de que precisam para trabalhar.

Se quer minimizar falhas de hardware, adote um plano de disaster recovery

Até o melhor equipamento do mercado corre o risco de falhar. Infelizmente, 99% dos profissionais de TI têm uma história para contar relacionada com falhas de hardware. Assim, é essencial que a solução escolhida contemple ações em caso de falhas de hardware, pois só assim se conseguirá minimizar os danos causados com as falhas dos equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *