Dicas de segurança

Entenda a importância da redundância em TI para a operacionalidade do seu negócio

Entenda a importância da redundância em TI para a operacionalidade do seu negócio

A tecnologia avança diariamente e é impossível encontrar empresas que não dependam dela para sobreviverem. As falhas nos sistemas podem causar problemas muito sérios, sobretudo se atingirem os clientes. Por isso, é cada vez mais comum ver as empresas a adotar a redundância em TI. A redundância é essencial para garantir a alta disponibilidade dos sistemas, das redes e dos dados. Repetindo componentes críticos para o funcionamento de um determinado serviço, consegue-se criar uma maior confiabilidade, pois mesmo em caso de falhas no sistema primário, um sistema secundário é ativado. O principal objetivo da redundância em TI é garantir a utilização contínua do serviço e evitar a perda de dados. Isto faz-se com fontes de energia alternativas, diferentes locais de armazenamento e dispositivos redundantes. Vamos perceber no artigo de hoje qual a importância da redundância de TI para a operacionalidade do seu negócio!

Porque é que a redundância é tão importante?

Redundância significa exprimir a mesma ideia através de diferentes palavras. Em TI, o termo é utilizado para descrever a duplicação dos componentes críticos, aumentando assim a segurança do sistema e garantindo a sua total disponibilidade. A redundância em TI é muito importante porque no caso de haver apenas um servidor web, num momento de falha tudo fica paralisado. Numa era em que estamos tão dependentes da tecnologia e em que os utilizadores finais são cada vez mais exigentes, uma paralisação do sistema pode colocar a continuidade do negócio em causa. Se houver um servidor web idêntico à infraestrutura, no momento da falha os dispositivos direcionam o tráfego para o servidor que continua em funcionamento. A operação do negócio mantém-se normal e os clientes nem percebem que houve uma falha.

Como é que podemos deixar um sistema redundante?

Fontes de energia

Aqui a redundância consiste em utilizar baterias que garantem a continuidade do trabalho num local mesmo que haja indisponibilidade da rede de energia. Também é aconselhável investir em geradores de energia que assumam as cargas do sistema até à estabilização da rede de energia pública.

Redes

A redundância de rede garante a repetição de equipamentos modulares do fornecimento da rede e exige, pelo menos, duas conexões diferentes de Internet. O objetivo é garantir que haja conexão mesmo que haja falhas de componentes ou serviços. Assim, se o fornecedor de Internet de uma empresa tem alguma falha, deverá haver uma opção para que o acesso à rede se mantenha. Será interessante que a conexão secundária seja feita por wireless, pois caso o problema seja físico ainda existirá ligação à rede.

Dados

A redundância dos dados é uma das mais importantes atualmente, visto que a informação é cada vez mais importante no mundo empresarial. É necessário garantir que a informação se encontra sempre disponível, mesmo no caso de ataques informáticos. Por esse motivo, é cada vez mais importante implementar uma solução de disaster recovery que combine as políticas e os procedimentos necessários para garantirem a recuperação da informação e o rápido regresso à normalidade em caso de desastre ou ataque informático.  O RAAS é um serviço de disaster recovery totalmente gerido por equipa especializada e dá-he a possibilidade de recuperar um servidor virtual em segundos. Fale connosco e saiba mais sobre esta solução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *