Dicas de segurança

Que tipos de ataques informáticos existem?

Que tipos de ataques informáticos existem?

As novas tecnologias são ótimas para a nossa produtividade mas também são uma ameaça à segurança da informação. À medida que a tecnologia evolui, a proteção da informação também deve evoluir. Nesta fase em que o mundo atravessa um período de pandemia devido ao coronavírus, muitos são os ataques informáticos que se proliferam pelo Mundo. Mas que tipos de ataques informáticos existem? É o que vamos descobrir neste artigo!

Backdoor

Este é um tipo de trojan (cavalo de tróia) e permite o acesso e o controlo do sistema afetado. A pessoa responsável pelo ataque pode alterar, apagar ou instalar arquivos, ou seja, alguém externo ao seu computador pode fazer o que quiser no seu dispositivo.

Ataque DoS

Este tipo de ataque é uma sobrecarga num servidor ou num computador com o objetivo de tornar os recursos indisponíveis para o utilizador.

Ataque DDoS

Este tipo de ataque nada mais é do que um computador mestre utilizando vários outros computadores para atacar um determinado site. Este ataque informático é uma evolução do DoS.

Eavesdropping

O eavesdropping é uma técnica muito utilizado pelos hackers que viola a confidencialidade, expondo para todos os dados privados que se encontram num determinado servidor.

Spoofing

Spoofing é uma técnica que falsifica o IP (protocolo de internet), falsificando a comunicação entre os dispositivos e fingindo ser uma fonte credível.

Engenharia Social

Esta é uma técnica que deriva da psicologia e explora os erros humanos como ferramenta. Acontece muito frequentemente em questionários da Google que nos pedem passwords e dados confidenciais.

Como se proteger de um ataque informático?

Por muitas medidas que tome, nunca vai estar cem por cento garantido que não irá sofrer um ataque informático. Por isso mesmo, a melhor medida para se proteger é a prevenção e para isso sugerimos a utilização de uma solução de disaster recovery como o RAAS. O RAAS é uma solução muito completa que além de copiar os dados também garante o seu restauro de forma eficiente em caso de desastres naturais ou falhas de infraestrutura. Este tipo de soluções tem como grande objetivo eliminar (ou pelo menos minimizar em larga escala) o tempo de inatividade de uma empresa devido a falhas. O RAAS é um serviço de disaster recovery totalmente gerido por equipa especializada e dá-lhe a possibilidade de recuperar um servidor virtual em segundos. Mesmo que seja atacado, conseguirá rapidamente voltar ao normal funcionamento. Numa época de tanta incerteza, é fundamental valorizar a prevenção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *